Na manhã deste sábado (15), um vulcão submarino entrou em erupção nas ilhas de Tonga e Samoa Americana, enviando grandes ondas para a costa e pessoas correndo para lugares mais altos.

O vulcão explodiu em uma erupção violenta no sábado, enviando uma nuvem de cinzas e vapor de gás para o ar.

O vulcão Hunga-Tonga-Hunga-Ha’apai, localizado a 65 quilômetros da capital de Tonga, entrou em erupção pela primeira vez na sexta-feira (14), enviando uma nuvem de cinzas a 20 quilômetros no ar.

Uma segunda erupção ocorreu no sábado às 17h26, horário local, informou a RNZ. Imagens de satélite mostram uma enorme nuvem de cinzas e ondas de choque se espalhando a partir da erupção.

Ondas de tsunami de mais de um metro foram observadas por medidores na capital tonganesa, e de 60 centímetros em Pago Pago, capital da Samoa Americana, segundo o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico.
As ondas atingiram a costa da capital de Tonga, Nuku’alofa, no sábado, fluindo para estradas costeiras e inundando propriedades, de acordo com RNZ.


O rei Tupou VI de Tonga foi evacuado do Palácio Real depois que o tsunami inundou a capital, informou o RNZ, citando relatos da mídia local de que um comboio de policiais e tropas levou o monarca para uma vila em Mata Ki Eua.
Os moradores se dirigiram para terrenos mais altos, enquanto as ondas varreram os jardins do palácio, a orla e a rua principal da capital.
Cinzas estavam caindo do céu em Nuku’alofa na noite de sábado e as conexões telefônicas ficaram sem sinal, afirmou a RNZ.
Além do alerta para tsunami, os Serviços Meteorológicos de Tonga emitiram alertas para chuvas fortes, inundações repentinas e ventos fortes em terras e águas costeiras.

A ilha vizinha de Fiji também emitiu um aviso público pedindo às pessoas que vivem em áreas costeiras baixas que “se movam para a segurança em antecipação às fortes correntes e ondas perigosas”.
Alertas de tsunami também foram emitidos para a Ilha Norte da Nova Zelândia e a costa oeste dos Estados Unidos, da Califórnia ao Alasca, bem como para a Colúmbia Britânica do Canadá.

Um alerta de tsunami também está em vigor para a nação insular de Vanuatu, no Pacífico, de acordo com seu Escritório Nacional de Gerenciamento de Desastres, com os moradores aconselhados a se afastar da costa e buscar terrenos mais altos.
Outro alerta de tsunami está em vigor para todas as áreas costeiras baixas de Samoa, disse o Serviço Meteorológico de Samoa. “Todas as pessoas que vivem em áreas costeiras baixas são aconselhadas a ficar longe das áreas de praia”, afirmou a agência, e o público deve evitar visitar as áreas costeiras.

Um alerta anterior de tsunami emitido para a Samoa Americana chegou a ser cancelado, de acordo com o NWS Pacific Tsunami Warning Center. O vulcão estava ativo desde 20 de dezembro, mas foi declarado inativo em 11 de janeiro, segundo a RNZ.

Veja também: Escolas de SP avisarão Conselho Tutelar em caso de não vacinação

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui