O General Aleksandr Fomin falou à rede antes da 9ª Conferência de Moscou sobre Segurança Internacional, programada para ocorrer de 22 a 24 de junho na capital russa. O evento reúne militares e especialistas em segurança de diversos países, sendo que cerca de 49 nações já confirmaram sua participação.

A próxima conferência é um evento explicitamente não partidário, e os países são convidados a participar independentemente de sua relação atual com a Rússia, afirmou Fomin.

“No fórum, damos a palavra não apenas para parceiros que compartilham nossas abordagens para resolver os principais problemas mundiais, mas também para oponentes, países com os quais a cooperação hoje é mínima ou igual a zero”,  disse Fomin.

Discussões como as do fórum de Moscou são particularmente importantes em tempos difíceis, acrescentou o funcionário, já que o cenário político e de segurança mundial está passando por mudanças históricas, com a ‘velha’ ordem mundial se desintegrando.

“Hoje estamos testemunhando a formação de uma nova ordem mundial. Vemos uma tendência dos países serem arrastados para uma nova Guerra Fria, os estados sendo divididos em ‘nós’ e ‘eles’, com ‘eles’ inequivocamente definidos em documentos doutrinários como adversários, ” disse

“O sistema existente de relações internacionais e a estrutura de segurança estão sendo sistematicamente destruídos. O papel das organizações internacionais como instrumentos de tomada de decisão coletiva no campo da segurança está sendo diminuído ”  , disse Frolov, sem dar exemplos.

Nos últimos anos, principalmente com o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, vários acordos internacionais deixaram de existir. Efetivamente, apenas um grande acordo entre Washington e Moscou – o novo tratado START – permanece, depois que o presidente Joe Biden concordou em estendê-lo por mais cinco anos.

O surgimento de novos sistemas de armas, bem como os esforços de algumas nações para levar a guerra a áreas que nunca viram antes, acelera ainda mais o surgimento de uma  “nova ordem mundial”, observou F rolov.

“Estão surgindo tipos fundamentalmente novos de armas que mudam radicalmente o equilíbrio de poder no mundo moderno, com a guerra chegando a novas áreas – no espaço e no ciberespaço. Isso, é claro, leva a uma mudança nos princípios e métodos de guerra”  , acrescentou.

VEJA TAMBÉM: OAB VAI PEDIR AFASTAMENTO DE MARCELO BRETAS AO CNJ

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

FONTE

1 COMENTÁRIO

  1. Com toda essa agressão e exposição pra se chegar a essa ”ordem”, vão estar exauridos demais pra mantê-la! Não vai durar, por mais que tentem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui