A Fundação Oswaldo Cruz e a Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin), assinaram acordo, para instalação da maior fábrica de vacinas da América Latina.

O acordo prevê a construção de nove prédios, com uma área de 580 mil metros quadrados, e será instalada em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, com capacidade de produção de até 120 milhões, de frascos de vacinas e biofármacos por ano.

O novo complexo Industrial de Biotecnologia em Saúde, será responsável, por toda produção de vacinas da Fiocruz, inclusive a do covid-19, quando esta for aprovada.

As vacinas contra hepatite, meningite e tríplice bacteriana, que são importadas, também serão produzidas no local.

A inauguração está prevista para 2023.

VEJA TAMBÉM: MINISTÉRIO DA SAÚDE AVALIA DISTRIBUIR “KIT COVID”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui