URGENTE: TEMER SOLTO NOVAMENTE

0
4

Como somente 4 ministros julgarão os pedidos no STJ, pode haver empate. Se houver, será aplicado o princípio do “in dubio pro reo”. Ou seja, os acusados serão favorecidos.

O relator, ministro Antônio Saldanha, votou a favor da libertação do ex-presidente Michel Temer e do coronel Lima.

Ele também votou a favor das seguintes medidas:

Proibição de eles manterem contato com outros investigados que não sejam da família
Proibição de mudança de endereço
Entrega do passaporte
Bloqueio de bens

A ministra Laurita Vaz acompanhou o voto do relator, pela soltura de Temer e do coronel Lima. Com isso, o ex-presidente já tem votos suficientes para deixar a prisão. Mas o julgamento prossegue.

Ministro Rogério Schietti também vota para soltar Temer e coronel Lima e impor medidas cautelares; placar é de 3 x 0.

No vídeo a seguir eu comento sobre a soltura de Temer e também outros assuntos de tirar o sono do brasileiro, veja: