Pavel Durov, CEO do aplicativo de mensagens Telegram, anunciou nesta terça-feira (12) que 25 milhões de novos usuários ingressaram no aplicativo nas últimas 72 horas.

Após Whatsapp anunciar que será obrigatório o compartilhamento de dados de seus usuários com o Facebook e quem não aceitar será impedido de usar o app, muitas pessoas migraram para o Telegram.

Conforme as informações do Telegram, somente na primeira semana de janeiro, o app alcançou a marca de 500 milhões de usuários ativos mensais.

“Esses novos usuários vieram de todo o mundo – 38% da Ásia, 27% da Europa, 21% da América Latina e 8% do MENA”, disse Pavel Durov.

“Tivemos um surto de downloads antes, ao longo de nossa história de 7 anos de proteção da privacidade do usuário. Mas desta vez é diferente”, comentou.

Pela visão do CEO, as pessoas não desejam mais trocar sua privacidade por serviços gratuitos.

“Eles não querem mais ser reféns de monopólios de tecnologia que parecem pensar que podem se safar com qualquer coisa, desde que seus aplicativos tenham uma massa crítica de usuários”.

“Com meio bilhão de usuários ativos e crescimento acelerado, o Telegram se tornou o maior refúgio para quem busca uma plataforma de comunicação comprometida com a privacidade e a segurança”, afirmou ainda o CEO do mensageiro.

VEJA TAMBÉM: WHATSAPP VAI SUSPENDER CONTAS QUE NÃO ACEITAREM COMPARTILHAR DADOS COM FACEBOOK

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui