A ministra do STF, Rosa Weber, enviou para a PGR uma notícia-crime apresentada pelo PDT, contra o Presidente da República Jair Bolsonaro, por indicar o uso da cloroquina para o tratamento precoce contra o novo coronavírus.

Caberá agora à PGR decidir sobre a abertura de uma investigação, solicitada pelo partido de Ciro Gomes, opositor do atual governo.

No documento, o PDT cita a produção de comprimidos da cloroquina no Brasil como “prova” de um suposto crime do governo Bolsonaro.

“Todos os estudos apontaram que o remédio [cloroquina] não interfere no quadro do paciente com o vírus nem reduz chances de contágio. Mesmo diante disso, o Presidente da República e o Ministério da Saúde lançaram campanha para a utilização de tratamento precoce contra a COVID-19, especificamente com a criação do aplicativo “TrateCov”, em que se recomendava o uso da cloroquina”, argumenta a sigla em um trecho do documento.

VEJA TAMBÉM: BOLSONARO DIZ QUE VAI SANCIONAR AUTONOMIA DO BC NESTA QUARTA

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

2 COMENTÁRIOS

  1. O PDT não é nem mais partido, é banca de advogados de derrotados. O STF só trabalha para esse tipo de gente, não para o Brasil. Depois não querem críticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui