O senador Renan Calheiros (MDB-AL), comemorou a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de liberar o governador do Amazonas, Wilson Lima, para não prestar depoimento na comissão nesta quinta-feira (10).

“O Senado tem que investigar em qualquer direção em que houve fato conexo, mas o Senado não pode ultrapassar sua própria competência. Não seria legítima a investigação”, disse Renan em entrevista coletiva nesta manhã.

Renan Calheiros classificou a decisão da ministra como “coerente” e disse apoiar a decisão.

Para os integrantes da CPI, a mesma decisão deve se repetir com os outros oito governadores convocados pela CPI, deixando o foco do desgaste para a gestão do Executivo federal.

VEJA TAMBÉM: CPI DA COVID: APROVADO QUEBRA DE SIGILO DE PAZUELLO, FILIPE MARTINS E NISE YAMAGUCHI

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui