Em um artigo de opinião para o  The Washington Post  na segunda-feira, a ex-secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, sinalizou seu apoio ao atual esforço dos democratas para impeachment do presidente Donald Trump.

Na segunda-feira, um único artigo de impeachment foi apresentado na câmara baixa do Congresso depois que os republicanos da Câmara bloquearam um pedido dos democratas para aprovar por unanimidade uma resolução instando o vice-presidente Mike Pence a invocar a 25ª Emenda para remover o presidente Donald Trump do cargo.

“Tirar Trump do cargo é essencial, e acredito que ele deve ser destituído”, escreveu Hillary, exigindo também a renúncia de “membros do Congresso que se juntaram a ele [o presidente dos EUA] para subverter nossa democracia”.

Ela se referiu aos eventos violentos em Washington na quarta-feira, quando apoiadores de Trump invadiram o Capitólio, descrevendo-o como “o resultado tragicamente previsível das queixas da supremacia branca alimentadas pelo presidente Trump”.

Clinton não pensou duas vezes antes de afirmar que os eventos de quarta-feira, assim como o ataque de 11 de setembro, ocorreram devido a uma “falta de imaginação”.

Na situação atual, foi “uma falha em explicar o dano que pode ser feito à nossa nação por um presidente que incita a violência, líderes congressistas que atiçam as chamas e plataformas de mídia social que gravam teorias da conspiração nas mentes dos apoiadores de Trump ”, Afirmou a ex-secretária de Estado.  

Ela elogiou o Twitter e “outras empresas” por tomarem “a decisão certa de impedir Trump de usar suas plataformas, mas eles terão que fazer mais para impedir a disseminação de discurso violento e teorias de conspiração”, observou ela. Clinton também exortou o presidente eleito Joe Biden “a enfrentar esta crise em toda a sua complexidade e amplitude, incluindo responsabilizar as plataformas de tecnologia”.

Na semana passada, POTUS prometeu construir sua própria plataforma depois que foi suspenso do Twitter e do Facebook por causa do que as empresas descreveram como “glorificação da violência”.

VEJA TAMBÉM: EUA DEVOLVE CUBA À LISTA DE ESTADOS PATROCINADORES DO TERRORISMO

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

*Informações, InfoWars

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui