Uma caixa de ouro e cristal contendo gotas do sangue do Papa João Paulo II foi roubada da catedral da cidade italiana de Spoleto, disse seu bispo na quinta-feira.

O invólucro, conhecido como relicário, foi retirado na quarta-feira de um altar dedicado ao papa polonês, que morreu em 2005 após um reinado de 27 anos.

Um sacristão que fechava a catedral durante a noite descobriu o roubo do relicário, que continha um frasco com algumas gotas de sangue.

A relíquia estava temporariamente na catedral de Spoleto e deveria ser transferida no mês que vem para uma nova igreja na região de Umbria com o nome do falecido papa.

“Devolva o relicário à catedral e aos fiéis”, disse o arcebispo Renato Boccardo, que durante anos foi assessor do falecido Papa João Paulo II no Vaticano. “Seria a coisa séria a fazer”.

Boccardo disse que não está claro se o relicário foi roubado para resgate, o que já aconteceu com outras relíquias na Itália. A polícia estava analisando as imagens das câmeras de segurança dentro e fora da catedral.

Fonte: Reuters

VEJA TAMBÉM: VIDA EM VÊNUS! PESQUISADORES CONFIRMAM FORTES EVIDÊNCIAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui