Entidades de produtores rurais nos estados estão organizando para o próximo dia 15 de maio, atos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e pelo fim das medidas restritivas que foram adotadas por governadores e prefeitos.

Os organizadores do ato, afirmam ter o apoio de mais de 100 sindicatos rurais e a expectativa é de mobilizar manifestantes para se concentrar na Granja do Torto, em Brasília, uma das residências oficiais do presidente. A mobilização está sendo feita por meio de sindicatos vinculados às federações da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA).

Os principais articuladores do evento são a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), a Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra (Andaterra) e a Associação dos Cafeicultores do Brasil (Sincal).

O produtor rural e ex-presidente do PSL na cidade de Sinop (MT), Emerson Antoniolli, é um dos organizadores do evento. Outra representante do PSL no movimento é a presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, a deputada federal Aline Sleutjes (PLS-PR). Nas redes sociais, Aline destacou quais serão as pautas das manifestações do dia 15.

“Respeito à liberdade do povo, fim das políticas de lockdown, eleições com voto auditável. Estas são as pautas que o Movimento Brasil Verde e Amarelo, o agro e o povo, pela democracia, defenderão durante a manifestação do dia 15 de maio, em Brasília e nas principais capitais e cidades do país”, declarou Sleutjes.

VEJA TAMBÉM: MARCELO QUEIROGA DIZ QUE É POSSÍVEL VACINAR TODA POPULAÇÃO BRASILEIRA EM 2021

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui