A FNP (Frente Nacional de Prefeitos) levou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, um pedido de abertura de crédito extraordinário de R$ 5 bilhões em 2021 para equacionar o rombo no setor. O objetivo das prefeituras é convencer o governo a enviar um projeto ao Congresso liberando esses recursos por fora da regra do teto de gastos.

O prefeito de São José dos Campos (SP) e vice-presidente de Mobilidade Urbana da FNP, Felício Ramuth, relatou que o ministro Guedes e sua equipe compreenderam a demanda dos prefeitos, mas adiantaram que qualquer proposta de abertura de crédito extraordinário em função da pandemia de Covid-19 precisa ser “muito bem fundamentada” para ter chance de ser aprovada.

“A tarifa do transporte público é cara para quem paga, mas insuficiente para quem recebe. O ministro reconheceu o problema e nos deu o caminho”, disse o vice-presidente de mobilidade da FNP, Felício Ramuth.

VEJA TAMBÉM: JAIR BOLSONARO ANUNCIA QUE IRÁ FAZER UMA REFORMA MINISTERIAL

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui