A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje, 02/10/2020, a Operação Raio-X, com o objetivo de obter provas para investigação que apura possíveis desvios de verbas públicas e fraude na contratação de empresa para realizar exames de diagnóstico por radiologia em pacientes do Hospital de Campanha de Aracaju. Estão sendo cumpridos 3 mandados de busca e apreensão em Aracaju/SE, expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Sergipe.

A Operação Raio-X é um desdobramento da Operação Serôdio e conta com análises técnicas da Controladoria-Geral da União (CGU/SE). Durante a investigação, foram constatadas irregularidades na contratação e indícios de favorecimento. A empresa foi contratada sem preencher diversos requisitos e com proposta em desacordo com o termo de referência. Também foram identificados indícios de inexecução contratual.

A empresa investigada foi contratada por mais de R$ 380 mil pela Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju/SE, porém não possui empregados registrados, seu endereço é inconsistente e o proprietário está recebendo auxílio emergencial.

Fonte: Ministério da Justiça e Segurança Pública

VEJA TAMBÉM: PAULINHO DA FORÇA É INDICIADO PELA POLÍCIA FEDERAL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui