A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro suspendeu por 30 dias as cirurgias eletivas nas redes estadual e municipal. A medida passa a valer a partir da próxima segunda-feira (17).

Segundo o secretário de saúde, Alexandre Chieppe, a suspensão dos procedimentos foi necessária porque o avanço da variante Ômicron causou o afastamento de parte significativa de profissionais de saúde, o que sobrecarregou as equipes em atividade.

Pelo menos 30% dos profissionais da rede estadual estão afastados devido à variante Ômicron. Durante esse período de suspensão, a decisão será revista caso a situação esteja sob controle.

Veja também: Boris Johnson pede desculpa à Rainha Elizabeth II por festa durante lockdown

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

1 COMENTÁRIO

  1. Continue injetando os profissionais de saúde. Está dando super certo! Já aconteceu na Alemanha, França e Itália. O experimento é um sucesso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui