O Ministério da Saúde incluirá a CoronaVac na vacinação das crianças brasileiras. A pasta vai publicar uma nota técnica até o fim do dia.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aprovou na última quinta-feira o uso do imunizante para a faixa etária de 6 a 17 anos.

A informação foi confirmada pelo secretário-executivo da pasta, Rodrigo Cruz, em entrevista na sede do ministério da Saúde.

“A gente vai conversar com os estados, ver qual é o estoque [de vacinas disponíveis em cada região] para que a gente possa fazer uma distribuição mais justa, para que todos tenham oportunidade de avançar na negociação”, disse o secretário.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que “todas as vacinas autorizadas pela Anvisa são consideradas para o PNO”.

“A Anvisa autorizou o uso emergencial da vacina Coronavac em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Todas as vacinas autorizadas pela Anvisa são consideradas para a PNO. Aguardamos o inteiro da decisão e sua publicação no DOU”, disse o ministro em rede social.

O Instituto Butantan confirmou nesta sexta-feira (21) que o governo federal tem interesse na compra de sete milhões de doses da vacina Coronavac.

Veja também: Rachadura interdita parcialmente ponte sobre o rio ACHADURA INTERDITA PARCIALMENTE PONTE SOBRE O RIO Jequitinhonha

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui