Nesta quarta-feira (21), grande parte da província de Henan ficou submersa após fortes chuvas, que foram classificadas pelas autoridades meteorológicas chinesas, como as mais fortes em 1000 anos.

Pelo menos 25 pessoas morreram, dessas, doze estavam em linha de metrô em Zhengzhou, capital de Henan. De acordo com as autoridades mais de 500 pessoas foram resgatadas do metrô inundado. Imagens das redes sociais mostraram passageiros imersos na água com altura no nível do peito.

Em decorrência das chuvas, o transporte ferroviário e rodoviário foram interrompidos. Em Zhengzhou, aproximadamente 100 mil pessoas foram evacuadas, e as autoridades chinesas realizam uma operação de resgate na província, até o momento, 7 pessoas estão desaparecidas.

Da noite de sábado até o final da terça-feira, 617,1 milímetros (mm) de chuva encharcaram Zhengzhou – quase o mesmo que a média anual da cidade, de 640,8 mm. O nível de chuvas em Zhengzhou testemunhado ao longo dos três dias foi visto apenas “uma vez em mil anos”, disseram meteorologistas.

Estradas que ligam cerca de 12 cidades da província também foram inundadas. Pessoas atingidas pelas enchentes estão abrigadas em bibliotecas, cinemas e museus.

“A água bateu no meu peito”, escreveu um sobrevivente nas redes sociais. “Fiquei com muito medo, mas o mais aterrorizante não foi a água, mas a falta de ar dentro do trem.”

Abaixo, um dos vídeos que estão circulando nas redes sociais:

VEJA TAMBÉM: MACRON CONCEDE A MAIS ALTA DISTINÇÃO DA FRANÇA A RANDOLFE RODRIGUES

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui