O Ministério do Interior alemão ordenou a um grupo de cientistas que elaborasse um relatório que exagerasse a gravidade do vírus para justificar “medidas preventivas e repressivas”.

Está surgindo um escândalo na Alemanha, cujas consequências podem ser devastadoras para o governo de Angela Merkel, pois pode revelar uma grande mentira para justificar as medidas exageradas tomadas pelas autoridades daquele país.

De acordo com o jornal “Welt“, o ministro do Interior da Alemanha, Horst Seehofer, pressionou vários grupos de pesquisadores e cientistas a redigir um relatório exagerando a pandemia com dados dramáticos e falsos que justificassem o governo a adotar “medidas preventivas e repressivas”.

A documentação, que está na posse de ‘Welt’, foi solicitada ao Instituto Robert Koch em março passado e resultou numa troca de mais de 200 documentos de correspondência entre o próprio instituto e o Secretário de Estado do Ministério do Interior, Markus Kerber.

Após vários meses de litígios jurídicos, um grupo de advogados conseguiu que o Instituto Robert Koch fornecesse a documentação de apoio que agora está sendo divulgada. Segundo o documento, os cientistas trabalharam em estreita coordenação com o ministério para que em apenas quatro dias pudessem desenvolver o conteúdo de um artigo que havia sido declarado secreto e que foi distribuído por diversos meios de comunicação nos dias seguintes.

O “pior cenário” foi calculado, segundo o qual mais de um milhão de pessoas na Alemanha poderiam morrer de coronavírus se a vida social continuasse como antes da pandemia.

Você acha que o que estava sendo feito na Alemanha era feito exclusivamente lá? Você não acha que o mesmo terá sido feito em muitos outros países do mundo? Quanto mais sabemos sobre tudo isso que estamos passando, menos acreditamos.

Se você olhar atentamente, existe algo que está acontecendo com o vírus em todos os países do mundo e em todos os grandes meios de comunicação do mundo: Não há uma única voz que discorde, todos dizem o mesmo e tudo é vendido para nós da mesma forma em qualquer lugar.

Depois, há os verificadores usados ​​contra quem discorda e somos chamados de “negacionistas” ou “antivacinas”, que são os mesmos verificadores usados ​​em todas as línguas. Nem um único governo diz algo diferente, nem uma única grande mídia publica qualquer coisa que saia do roteiro estabelecido e todos eles desempenham um papel idêntico do qual não saem nem mesmo em uma vírgula. É como se em vez de ser um vírus, fosse algo imóvel, algo exato que nunca vai mudar.

E embora não precisássemos ver, estava claro que tudo era mais do que premeditado e organizado. Veja um pequeno exemplo que veio à tona na Alemanha, onde apareceu documentação que diz como agir e qual mensagem enviar para que fiquemos apavorados com o vírus e façamos o que eles nos mandam fazer como se fôssemos um rebanho de ovelhas.

Veja o vídeo com legendas em espanhol e abaixo a transcrição do vídeo.

Transcrição:
Uma indicação de que isto pode ser encontrado no domcumento estratégico do Ministério Federal do Interior, publicado em março (2020). Abaixo o título “Como obter o controle do COVID-19”.
Sim, então lemos o texto e encontramos: Não vamos falar sobre a queda da taxa de mortalidade.
As taxas de mortalidade são tão baixas e afetam apenas um grupo de risco, ou seja, os idosos, que podem parecer muito inofensivos.

Portanto, não vamos criar medo e choque na população da Alemanha. O que devemos fazer para alcançar o efeito de choque desejado?

Aqui estão três exemplos:
Primeiro, devemos despertar o medo primário dos seres humanos.
A melhor maneira é dizer a eles o quão ruim é a sufocação. (causada supostamente pelo vírus, ou seja, medo da morte)
Em segundo lugar, as crianças matam seus pais e avós, algo terrível para todos.
E o terceiro, os efeitos derivados. Nada pode ser dito sobre os efeitos derivados ainda, porque é muito cedo. Alguns casos isolados são suficientes.

Nota Questione-se, Renato Barros.
O que estamos denunciando desde o começo? A pandemia foi tomada pela política ou criada artificialmente por ela? As medidas autoritárias na Alemanha e no resto do mundo, foram friamente calculadas e planejadas.

Este documento oficial é revelador, é devastador para o governo de Angela Merkel e nos dá o entendimento necessário da situação para não sermos mais controlados pelos “donos do mundo.

O medo foi a ferramente de controle principal utilizada pelos governos e difundida pela extrema-imprensa a serviço dos globalistas.

Hora de acordar!

FONTE 1 FONTE 2 FONTE 3

4 COMENTÁRIOS

  1. Não sei o que dizer
    As contradições sobre o Covid 19 são tantas que procuro ignora-las
    Mantendo meu isolamento como já venho mantendo antes desse alarde todo
    Pelas divulgações pertenço ao Grupo 1 pela idade,por doenças inerentes à idade
    Nada disso faz com que eu deixe de aproveitar os anos que ainda tenho a viver
    De algum mal todos morreremos
    Nada é mais verdadeiro quem nasce um dia morre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui