O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski encaminhou nesta sexta-feira, à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma notícia-crime oferecida por parlamentares do PCdoB contra o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Foi encaminhado para o PGR, pois apenas ele pode oferecer denúncia pela prática de crime comum contra o presidente da república e ministro de estado.

Na notícia crime apresentada pelo PCdoB, os deputados do PCdoB acusam o presidente e o ministro da Saúde de atuarem pelo agravamento da crise gerada pela pandemia de coronavírus no Amazonas.

Segundo eles, o governo federal sabia com antecedência que faltaria oxigênio nos hospitais de Manaus, mas não atuou para evitar mortes.

VEJA TAMBÉM: STF NEGA LIMINAR CONTRA VOTO PRESENCIAL PARA A PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui