LEI DE SEGURANÇA NACIONAL: DEPUTADOS DO PT E PSOL ASSINARAM DOCUMENTO PEDINDO INTERVENÇÃO FRANCESA

0
700

Um grupo esquerdista fez a exigência que o Governo da França rejeitasse o acordo de Livre Comércio entre União Europeia e Mercosul, argumentaram que o acordo iria resultar no aumento da destruição da Amazônia.

Em pouco menos de um mês a situação passou a ser ameaças diretas à soberania do nosso país por parte do Presidente da França, Emmanuel Macron, e é nítido que ele nem tenta esconder suas reais intenções em seus discursos inflamados.

O documento em questão, foi assinado por diversos políticos esquerdistas brasileiros, líderes de associações. O advogado Antonio Fernando Pinheiro Pedro, que é vice Presidente da Associação Paulista de Imprensa, opinou que esta atitude configura de fato um crime de segurança nacional, por traição à Patria e é suscetível de cassação de registro dos partidos e prisão dos missivistas por pedir intervenção de um outro governo no território nacional (Lei de Segurança Nacional).

Alguns nomes que assinaram o documento são: Paulo Pimenta, Ivan Valente, Talíria Petrone e o líder do MST João Pedro Stédile.

LINK DA REPORTAGEM FRANCESA AQUI

CONFIRA O VÍDEO DA REPORTAGEM DO ADVOGADO CLICANDO AQUI

REFERÊNCIAS: JORNAL DA CIDADE ONLINE / NOTÍCIAS AGRÍCOLAS