O ministro da economia, Paulo Guedes, confirmou durante uma live com representantes da Receita Federal, uma “mudança de estrutura” na sua pasta, de acordo com ele, para “acelerar o ritmo de geração de emprego no Brasil.”

Na reorganização, o Ministério do Trabalho deve ser recriado, e vai se chamar Ministério do Emprego e da Previdência.

“Temos novidade chegando. Novidades até na nossa organização estrutural. Vamos fazer uma mudança organizacional aqui também [no Ministério da Economia]. Essas novidades são justamente na direção de emprego e renda e vamos acelerar o ritmo de criação de empregos, inclusive com uma reorganização nossa, interna. São novidades que o presidente deve trazer rapidamente”, afirmou Guedes.

O novo ministério será instituído a partir da estrutura da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, órgão comandado hoje por Bruno Bianco.

De acordo com fontes do governo, essa mudança já é dada como certa no Palácio do Planalto e deverá colocar, como titular da pasta, Onyx Lorenzoni, que atualmente comanda a Secretaria-Geral da Presidência.

Estão sendo estudadas também, mudanças na Casa Civil, chefiada atualmente por Luiz Eduardo Ramos. Com a mudança, Ramos assumiria o lugar de Onyx na Secretaria-Geral, e o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, ocuparia a cadeira do general.

VEJA TAMBÉM: QUEIROGA SOBRE RETORNO ÀS AULAS: ‘ACHO QUE JÁ DEVIAM TER VOLTADO’

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui