Exoesqueleto permite Tetraplégico mover braços e pernas

0
18

Um homem de 30 anos, que ficou tetraplégico após cair da altura de 15 metros, conseguiu utilizar o Exoesqueleto para movimentação de seus membros, controlados por sua mente.

Os movimentos não são perfeitos, mas vale lembrar que ainda está em fase de estudos e muitas coisas serão aperfeiçoadas, Thibault, 30, disse que seus primeiros passos no equipamento o fizeram se sentir como o “primeiro homem na Lua”.

Thibault foi submetido a uma cirurgia, na superfície de seu cérebro foram implantados dois eletrodos, nas áreas responsáveis pelos movimentos. Nos implantes existem 64 eletrodos, que são responsáveis por ler a atividade cerebral e direcionam as informações para um computador colocado próximo ao usuário.

Um programa de computador lê as ondas cerebrais e as transformam em instruções que comandam o exoesqueleto.

“Me sentia como o primeiro homem na Lua. Eu não andei por dois anos. Esqueci-me de como era ficar de pé, de como eu era mais alto que muitas pessoas naquele quarto”, disse.

Thibault disse que foi muito mais difícil conseguir controlar os braços

“Era muito difícil porque há uma combinação de diversos músculos e movimentos. É a coisa mais impressionante que consigo fazer com o exoesqueleto.”

O exoesqueleto pesa 65 kg e apesar de ter um sistema avançado, não restaura por completo os movimentos e funções do corpo, mas é inegável o avanço da ciência e tecnologia neste campo, que permite controlar um membro separadamente com seu pensamento.

Os cientistas envolvidos afirmam que a pesquisa agora busca refinar a tecnologia, até então, existe um limite na leitura de dados que pode ser lido pelo cérebro e enviado ao computador, ser interpretado e enviado ao exoesqueleto em tempo real.

Informações: Portal R7