Os Estados Unidos estão disponibilizando para diversos países, 25 milhões de doses de vacina contra a Covid-19, destas, 6 milhões serão para a América Latina.

 Joe Biden, anunciou que ao menos 75% dessas doses, quase 19 milhões, serão distribuídas através do consórcio Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Cerca de sete milhões de doses serão destinadas à Ásia, cinco milhões irão para a África e mais de seis milhões serão enviadas a países parceiros dos EUA.

“Enquanto esta pandemia se prolongar em qualquer parte do mundo, o povo americano continuará sendo vulnerável, e os EUA estão comprometidos a oferecer a mesma urgência aos esforços internacionais de vacinação que temos demonstrado em casa”, explicou Biden na nota.

Além disso, Biden disse que os EUA não estão compartilhando as doses “para obter favores ou concessões”, e sim para salvar vidas e “liderar o mundo rumo ao fim da pandemia”.

Esta será a primeira vez que os EUA compartilharão com o resto do mundo vacinas aprovadas para uso interno – de Moderna, Pfizer e Johnson & Johnson -, já que anteriormente anunciaram o envio de 60 milhões de doses da AstraZeneca entre maio e junho, mas ainda aguardam autorização dos órgãos competentes.

A intenção do país é compartilhar o total de 80 milhões de doses nas próximas semanas.

VEJA TAMBÉM: NASA PLANEJA DUAS NOVAS MISSÕES A VÊNUS, AS PRIMEIRAS EM DÉCADAS

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui