O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, anunciou o início da criação de uma “coalizão global” para enfrentar o que chama de “ameaça chinesa”.

Em meio à tensão vertiginosa entre os Estados Unidos e a China, Pompeo disse à rede americana Fox News, que a Casa Branca fez grandes avanços para fazer com que vários países percebessem “a ameaça” representada pelo Gigante asiático.

Segundo a manchete norte-americana, esses países, “da África ao Sudeste Asiático e à América do Sul”, já concordam que Pequim representa um sério perigo para “sua liberdade e soberania”.

“Agora começamos a construir essa coalizão global para repelir (…) a ameaça desse regime autoritário que a China apresenta” , disse Pompeo.

Como argumentou o Secretário de Estado, o processo de constituição desta coligação vai durar várias décadas, mas, acrescentou, o primeiro passo: “o reconhecimento da ameaça” da China, já foi realizado.

VEJA TAMBÉM: VATICANO RECEBE R$ 10 BI EM PROPINAS DA CHINA, ACUSA REFUGIADO CHINÊS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui