O deputado federal Marco Feliciano, em publicação nas redes sociais, apontou diferenças no tratamento concedido a apoiadores e críticos do presidente Jair Bolsonaro na CPI da Covid-19. De acordo com a publicação do parlamentar, os senadores tendem a tratar com mais respeito e cortesia aqueles que se opõem ao chefe do Executivo.

“É naturalmente perceptível o tratamento diferenciado dado aos convidados/convocados na CPI da “Inquisição”. Quem é contra Jair Bolsonaro o afago respeitoso e tom de voz equilibrado, já quem se mostra a favor de Bolsonaro, irritação e aspereza na voz”, disse. 

Para Feliciano, não existe imparcialidade na condução das investigações: “As cartas estão marcadas!”, escreveu ele finalizando a publicação.

VEJA TAMBÉM: BOLSONARO: “FORÇAS ARMADAS PODERÃO IR ÀS RUAS PARA GARANTIR A LIBERDADE”

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui