DORIA CONDENA A DIVULGAÇÃO DE LISTA DO BNDES

3
1910

O Governador de São Paulo, João Doria, disse em coletiva que considera a divulgação de lista de financiamento de jatinhos pelo BNDES como uso político.

“Não cabe a um banco revelar a quem disponibiliza seus financiamentos. O uso político do BNDES é tão condenável hoje como foi no passado no governo do PT.”

João Doria financiou um jatinho particular no valor de R$ 44 milhões, ficando entre as dez aeronaves mais caras da lista.

Doria afirmou que a aeronave foi adquirida em “procedimento normal e regular”, que também é comum em outros países.

E completou:

“Entendo que não foi uma boa medida, correta, do ponto de vista do BNDES, a utilização política e ainda classificando como caixa preta. Não há caixa preta alguma nisso, é um fato normal dentro de um banco de financiamento.”

A lista com 134 contratos de financiamento de jatos executivos da Embraer a juros subsidiados, foi divulgada pelo BNDES na noite de segunda-feira (19), com a soma total de R$ 1,921 bilhão.