O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Dias Toffoli acompanhou o ministro Kassio Nunes Marques e votou pela liberação de cultos e missas durante a pandemia de covid-19. Com isso, o placar provisório do julgamento no plenário está em 4 a 2 contra a realização de celebrações religiosas com público.

Toffoli foi o único ministro até agora que votou diretamente, sem apresentar seu posicionamento. “Eu peço vênia ao relator [Gilmar Mendes] e aos que o acompanharam para acompanhar o voto divergente do ministro Kassio Nunes Marques. É como voto”, disse.

VEJA TAMBÉM: NOVO DIRETOR-GERAL DA POLÍCIA FEDERAL TOMA POSSE

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui