Delator da Odebrecht que revelou pagamentos a Aécio e Edison Lobão, é encontrado morto

0
153

Ex-vice-presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, e um dos 78 integrantes da empreiteira que se tornaram delatores da Lava-Jato, foi encontrado morto em sua residência no Rio de Janeiro.

Henrique Valladares ficou conhecido após suas delações, chegando a denunciar figuras conhecidas como Aécio Neves, Edison Lobão e membros da CUT e lideranças indígenas.

Valladares afirmou ter pago a Aécio Neves a quantia de R$ 50 milhões, que estavam depositadas em contas no exterior.

O ex-vice-presidente da empreitara ainda revelou ter estreita relação com Edison Lobão, na época em que este era ministro de Dilma Rousseff.

A Polícia Civil carioca informou que foi feita uma guia de remoção de cadáver e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), “onde foi necropsiado e atestado a morte indeterminada, sendo liberado para retirada dos familiares”.