Na terça-feira (13), a Assembleia Geral da ONU elegeu China, Rússia e Cuba e mais 12 países para integrarem o conselho de direitos humanos por mandatos de três anos a partir de 1º de janeiro de 2021.

A Arábia Saudita também se candidatou, porém, não conseguiu a quantidade de votos necessária para se eleger.

As eleições deste ano para o Conselho, contou com 16 candidatos de quatro grupos regionais – África, Ásia-Pacífico, Leste Europeu, América Latina e Caribe, e Europa Ocidental – competindo por uma vaga no órgão com sede em Genebra, na Suíça. Para conseguir se eleger, o país precisava obter 97 votos.

Também permanecerão na Comissão de Direitos Humanos da ONU pelos próximos três anos a Bolívia, Costa do Marfim, França, Gabão, Malauí, México, Reino Unido, Senegal e Ucrânia.

VEJA TAMBÉM: PANDEMIA? EM WUHAN, A VIDA SEGUE NORMAL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui