O governo federal autorizou a entrada de estrangeiros, de qualquer nacionalidade, em todos os aeroportos do Brasil. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União de ontem (24), porém, a de entrada por meios terrestres ou por transporte aquaviário, continua proibida por mais 30 dias.

Contudo, há exceções à restrição: funcionários estrangeiros do governo brasileiro, imigrantes com residência permanente, ou cônjuge, filho ou pais de brasileiros, ficam de fora da restrição.

Aqueles que vierem ao Brasil para viagem de curta duração, de até 90 dias, deverão apresentar à empresa aérea, antes do embarque, comprovante de aquisição de seguro válido no Brasil, para gastos de saúde.


A portaria também autoriza, excepcionalmente, o estrangeiro, que estiver em país de fronteira terrestre e precisar atravessá-la para embarcar em voo de retorno a seu país, poderá ingressar com autorização da Polícia Federal e dirigir-se diretamente ao aeroporto. Para isso, deverá apresentar demanda oficial da embaixada ou do consulado do seu país e os bilhetes aéreos correspondentes

A entrada de estrangeiros nos aeroportos foi proibida no final de março, devido à pandemia do novo coronavírus. A medida tinha validade inicial de 30 dias, mas foi renovada diversas vezes.


Com Informações de Agência Brasil

VEJA TAMBÉM: JUSTIÇA DERRUBA LIMINAR E OBRIGA PERITOS DO INSS A VOLTAR AO TRABALHO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui