Boris Johnson, enviou, na manhã desta sexta-feira (14), um pedido de desculpas à rainha Elizabeth II depois que a imprensa britânica revelou uma reunião entre funcionários do governo durante o período de confinamento em 2021. A festa, segundo informado, também aconteceu na véspera do funeral do Príncipe Philip.

“É profundamente lamentável que isso tenha acontecido em um momento de luto nacional e o número 10 [referência à residência oficial do premiê] pediu desculpas ao Palácio”, disse um porta-voz de Boris. De acordo com ele, Johnson estava em Chequers durante o evento e, portanto, não estava presente na ocasião.

No dia seguinte, a rainha Elizabeth II deu adeus ao príncipe Philip, seu marido há 73 anos, após sua morte aos 99 anos de idade. Vestida de preto e com uma máscara facial branca, a rainha de 95 anos protagonizou uma cena impactante ao se sentar sozinha na igreja, cumprindo as regras de distanciamento social, durante o serviço funeral para Philip.

A revelação da festa deixa a imagem de Johnson mais prejudicada. Ele está enfrentando pedidos de renuncia devido a um outro evento ocorrido em 2020, também durante o período de lockdown

Veja também: Presidente Bolsonaro inaugura rede de internet subaquática no Rio Amazonas

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui