Neste sábado (2), um jato médico caiu em um barranco quando tentava pousar na cidade de Diamantina, em Minas Gerais. Estavam a bordo do avião, uma médica, um enfermeiro, o piloto e co-piloto, conforme os bombeiros, pelo menos 3 deles tiveram ferimentos leves.

O avião estava designado para buscar um paciente que foi diagnosticado com Covid-19. As equipes de resgate ainda não sabem dizer se a aeronave caiu ou saiu da pista enquanto pousava no Aeroporto Juscelino Kubitschek.

Os militares nesse momento, monitoram a aeronave que se encontra com as turbinas ligadas. Eles aguardam o combustível ser consumido por completo e realizam a prevenção de incêndio e explosão. A infraero e a Aeronáutica foram acionadas”, informou o Corpo de Bombeiro em nota.

O jato pertence à empresa Brasil Vidas Set Taxi Aéreo, que informou a criação de um gabinete de crise para acompanhar as investigações das causas do acidente e que em breve irá se manifestar.

O avião envolvido no acidente é um 31A da Learjet, fabricado em 1995. Ele tem capacidade de transportar até oito passageiros.

VEJA TAMBÉM: CHUVA FORTE FAZ RIO DE JANEIRO ENTRAR EM ESTÁGIO DE ATENÇÃO

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui