Os arqueólogos de uma universidade australiana descobriram uma rede de estradas de 4.500 anos repleta de túmulos antigos bem preservados na Arábia Saudita.

Os pesquisadores da University of Western Australia realizaram uma ampla investigação no ano passado, envolvendo levantamentos aéreos conduzidos por helicóptero, pesquisa de solo, escavação e observação de imagens de satélite.

Em descobertas publicadas na revista científica Holocene em dezembro, eles disseram que as “avenidas funerárias” se estendem por grandes distâncias nos condados árabes de Al-‘Ula e Khaybar, no noroeste da Arábia, e foram pouco examinadas até recentemente.

Uma densa “avenida funerária”, cercada por tumbas da Idade do Bronze, levando ao Oásis Khaybar no noroeste da Arábia Saudita / Royal Commission for AlUla/AAKSA

“As pessoas que vivem nessas áreas sabem delas há milhares de anos”, disse o pesquisador Matthew Dalton. “Mas acho que não eram realmente conhecidas até obtermos imagens de satélite de quão difundidas elas são”.

Dalton disse que as avenidas funerárias, que ele viu de um helicóptero, se estendiam por centenas, ou “talvez milhares de quilômetros”, e que as mesmas rotas eram frequentemente seguidas por quem viaja pelas principais estradas de hoje.

Veja também: Ministro Alexandre de Moraes autoriza saída temporária de Roberto Jefferson para realização de exames

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

*Informações, CNN Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui