Davi Alcolumbre negocia o comando da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a mais importante do Senado, para o senador Renan Calheiros (MDB-AL). Alcolumbre busca apoio de uma ala do MDB a seu candidato à presidência do Senado, as informações são do Estadão.

Conforme o jornal, Davi Alcolumbre quer emplacar Rodrigo Pacheco como seu sucessor em 1.º de fevereiro de 2021.

Líder do DEM, Pacheco é advogado e está sendo apresentado pelo padrinho como um nome “independente”, mas que não criará problemas para o Palácio do Planalto.

VEJA TAMBÉM: FACHIN E ARAS DISCUTEM NESTA SEXTA-FEIRA LIMITES PARA OPERAÇÕES POLICIAIS NO RJ

Para mais informações acesse nosso Canal do Telegram CLICANDO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui