A nova mutação do Coronavírus, pode infectar cerca de 60% da população mundial, caso a pneumonia que causa não for bem controlada. As informações são de Gabriel Leung, reitor da Faculdade de Medicina de Hong Kong, que também é um dos principais infectologistas da região.

A avaliação de Gabriel Leung, foi apresentada ao jornal britânico The Guardian na terça-feira (11).

Leung estava a caminho de uma reunião da OMS, em Genebra, e explicou que se cada paciente infectar cerca de 2 pessoas, número cogitado pelo especialistas, a “taxa de ataque” do novo coronavírus promoveria a infecção de pelo menos 60% da população do mundo.

Contudo o médico destacou que, a infecção seria alcançada em “ondas” distintas de contaminação.

“Talvez o coronavírus atenue sua letalidade porque certamente não o ajuda matar qualquer pessoa que encontre. Senão, [o coronavírus] morre também”.

Letalidade do Coronavírus

Conforme as informações dos especialistas, até o momento, a taxa de letalidade do novo coronavírus é de 2%. Dessa forma, as informações divulgadas pela OMS é de que o total de casos no mundo é de 43.103, com 1.018 mortes. Dentre elas, apenas uma única fora da China, nas Filipinas.

A princípio, reunião de Genebra conta com a presença de mais de 400 pesquisadores e autoridades do mundo, incluindo participantes por vídeoconferência da China e de Taiwan.

“Com 99% dos casos na China, isso continua sendo uma emergência para esse país, mas que representa uma ameaça muito grave para o resto do mundo”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus

Newsletter Subscribe

Get the Latest Posts & Articles in Your Email

We Promise Not to Send Spam:)