A inflação oficial do Brasil desacelerou no mês de janeiro, e a maior responsável por isso é a queda no preço da carne. Dessa forma, o índice de janeiro é o menor desde o início do plano real em julho de 1994.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) desacelerou a alta a 0,21% em janeiro.

Dessa forma, o acumulado de 12 meses, até o mês de janeiro para o IPCA, ficou em 4,19%, que é um pouco acima do centro da meta de inflação para este ano (4%).

“Foi uma taxa abaixo da média para janeiro e o que se vê é um ajuste em uma taxa que subiu muito em dezembro por conta da pressão das carnes. Parte dessa alta foi devolvida agora”, explicou Pedro Kislanov, o gerente da pesquisa do IBGE.

“O choque de oferta de dezembro passou e trouxe para baixo o grupo alimentação, um dos principais do IPCA”, completou.

Contudo, Pedro Kislanov acrescentou

“Não há sinais de pressão de demanda e de consumo, mesmo com mais gente entrando no mercado de trabalho. Estamos num contexto de recuperação gradual da economia” .

Newsletter Subscribe

Get the Latest Posts & Articles in Your Email

We Promise Not to Send Spam:)