A polícia Federal, deflagrou na manhã desta quinta-feira (6), a Operação Gaveteiro, para investigar desvios de valores do extinto Ministério do Trabalho. Os desvios aconteceriam por meio de contratação de uma empresa do ramo de tecnologia em Brasília e em mais 5 estados.

Conforme as informações da Polícia Federal, as irregularidades teriam ocorrido entre os anos de 2016 e 2018.

Segundo o site da Polícia Federal, a Operação Gaveteiro saiu às ruas para cumprir

  • dois mandados de prisão preventiva
  • 41 mandados de busca e apreensão nos estados de Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Além das prisões e buscas, a Justiça Federal também determinou em seguida o bloqueio do valor aproximado de R$ 76 milhões nas contas dos investigados.

Dessa forma, foram concedidas ainda medidas cautelares proibindo os investigados de se ausentarem do País.

A princípio, a estimativa é de que os desvios ultrapassem R$ 50 milhões de reais.

Newsletter Subscribe

Get the Latest Posts & Articles in Your Email

We Promise Not to Send Spam:)