Conforme as informações das forças de segurança israelenses, prenderam nesta quinta-feira (6), o suspeito de cometer ataque terrorista com um carro que deixou 12 soldados israelenses feridos em Jerusalém.

A prisão do suspeito foi efetuada na junção de Gush Etzion, na Cisjordânia central, informou a polícia local.

Ainda conforme as autoridades israelenses, o suspeito tem 25 anos de idade e é residente do bairro de A-Tur, em Jerusalém Oriental. Entretanto, não tinha histórico de atividades terroristas.

Ele foi entregue ao serviço de segurança Shin Bet para interrogatório, de acordo com as Forças de Defesa de Israel.

“Após um extenso esforço operacional e de inteligência, as IDF, trabalhando com o Shin Bet, a unidade policial especial da Polícia de Israel e outras forças especiais, prenderam o terrorista que realizou o ataque nas primeiras horas desta manhã em Jerusalém” informaram os miliares em nota.

Conforme as informações, ainda nesta quinta-feira (6), um outro soldado foi ferido em um ataque a tiros perto do assentamento central de Dolev, na Cisjordânia. 

Já na fronteira, outro soldado também ficou ferido, quando um terrorista abriu fogo contra ele. Conforme as informações, este episódio aconteceu no Monte do Templo, na Cidade Velha de Jerusalém. Os policiais trocaram tiros com o agressor, que veio a óbito.

Newsletter Subscribe

Get the Latest Posts & Articles in Your Email

We Promise Not to Send Spam:)