Uma enfermeira vestindo um traje de proteção e uma máscara facial para tratar os doentes em Wuhan, afirmou que 90.000 pessoas já foram infectadas pelo coronavírus na China – muito mais do que o número de apenas 1.975 emitidos por funcionários do governo.

Seu alerta surgiu quando o governo chinês enfrentou acusações de censurar críticas ao manejo da doença, a fim de minimizar a crise.

O surto do novo vírus teve origem na China, onde já infectou mais de 1.970 pessoas e matou 56, e se espalhou pelo mundo.

A mulher não identificada diz no vídeo

“Estou na área onde o coronavírus começou. Estou aqui para dizer a verdade. Neste momento, na província de Hubei, incluindo a área de Wuhan, até a China, 90.000 pessoas foram infectadas por coronavírus.”

Inicialmente, a China recebeu elogios por ser transparente na gestão da crise, porém, muitos vídeos caíram na rede mostrando a real situação, e por isso, o Governo Chinês está sendo criticado.

Além do alerta sobre a quantidade de pessoas infectadas, a enfermeira também aconselhou que as pessoas não saiam e não comam fora de casa.

“Gostaria de dizer que todo mundo que está assistindo este vídeo não deve sair. Não festeje. Não coma fora. Uma vez por ano, comemoramos o ano novo chinês. Se você estiver seguro agora, poderá encontrar sua família novamente saudável no próximo ano.”

Ela também fez apelo por suprimentos de segurança

“Não nos importamos com o que o governo diz. Eu vou te dizer através da mídia social. Todo mundo, por favor doe máscaras, óculos e roupas para Wuhan”.

e completou

“Por favor nos ajude. Doe óculos descartáveis, máscaras descartáveis ​​e roupas descartáveis. Atualmente, nossos recursos não são suficientes.”

Newsletter Subscribe

Get the Latest Posts & Articles in Your Email

We Promise Not to Send Spam:)