O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, participou do programa Roda viva na noite de segunda-feira (20).

Durante a entrevista, em meio a algumas perguntas absurdas e sem sentindo algum, o questionaram sobre a vazajato, e Sergio Moro foi taxativo em sua resposta.

“Eu nunca dei muita importância para isso, é um monte de bobajarada”, afirmou o Ministro Moro.

Sergio Moro ainda afirmou que a o hackeamento dos telefones das autoridades brasileiras foi criminoso, entretanto salientou que não foi provado a veracidade das mensagens.

“O que tem aí é um sensacionalismo. Se essa troca de mensagens que aconteceu é absolutamente normal”, disse Moro.

O Ministro também respondeu sobre uma possível candidatura a presidência da república, e então, deixou bem claro que não tem esta ambição. No entanto, salientou que Jair Bolsonaro deve sair ser o candidato, caso não mude de ideia.

” O Candidato do governo federal deve ser ele mesmo, se ele não mudar de idéia. Eu sou o Ministro do governo e vou apoiar o presidente”, destacou Moro.

Contudo, Sergio Moro finalizou dizendo

“A minha vida já é suficientemente complicada, não estou pensando nisso. Posso ir para a iniciativa privada. E sempre prometi tirar um ano sabático fora do país”.

Newsletter Subscribe

Get the Latest Posts & Articles in Your Email

We Promise Not to Send Spam:)