Trump: Chineses roubaram nossos segredos comerciais da GE

Um ex-engenheiro e um empresário chinês foram acusados de espionagem econômica e de conspirarem para roubar segredos comerciais da General Electric para beneficiar a China, de acordo com uma acusação não revelada do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Xiaoqing Zheng, ex-engenheiro da GE, foi anteriormente acusado pelo Departamento de Justiça em agosto em conexão com um suposto roubo.

O outro acusado é o empresário Zhaoxi Zhang.

Segundo a denúncia, Zheng usou seu posto na GE para roubar vários arquivos eletrônicos, incluindo arquivos proprietários, de turbinas a gás e a vapor e compartilhou esses arquivos com Zhang, que estava na China.

O Departamento de Justiça acusa Zheng e Zhang de usarem os segredos comerciais roubados da GE para promoverem seus interesses pessoais em duas empresas chinesas, identificadas como Liaoning Tianyi Aviation Technology e Nanjing Tianyi Avi Tech – duas companhias estatais de Pequim.

Nas seis acusações de espionagem econômica e nas sete acusações de roubos de segredos comerciais, Zheng e Zhang enfrentam uma sentença máxima de 25 anos e uma multa de até US$ 5,25 milhões. Além disso, Zheng foi acusado de fazer declarações falsas ao FBI, com pena máxima de até cinco anos e multa de até US$ 250 mil.

Deixar uma resposta

Categorias