Um eleitor erroneamente colocou o número 17 para o cargo de governador do estado no Pará. Obviamente a urna eletrônica acusou “VOTO NULO”. Neste momento, o eleitor ficou revoltado com a situação, acreditando que a urna estava “fraudando o seu voto”, ele filmou a situação e ainda pediu testemunhas para o caso.

Segundo testemunhas no local, a mesária tentou o eleitor de cometer o crime de filmagem da urna, neste momento ela acabou sendo empurrada pelo eleitor.

A juíza Eleitoral, Ana Patrícia Mendes, determinou a busca do eleitor para que o mesmo seja autuado em flagrante.
Já o TRE informou que, caso a prisão não seja realizada em 24 horas, um inquérito será instaurado com as informações dos acontecimentos que foram registrados em ata.

Comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here