Ciência e Tecnologia

Pandemia global causada por resfriado comum poderá matar Milhões, alertam especialistas

A próxima epidemia de doença que vai varrer o planeta matando milhões será causada pelo resfriado comum, alertaram especialistas.

Os cientistas acreditam que os vírus que se espalham no ar representam uma ameaça maior para o mundo que os patógenos letais como o Zika e o Ebola.

A equipe do Centro Johns Hopkins para a Segurança da Saúde, nos EUA, prevê que o próximo surto será particularmente mortal porque será contagioso durante o período de incubação.

Outros traços sugeridos pela doença incluem: ser um micróbio que a maioria das pessoas não é imune e não haverá tratamento para isso.

Curiosamente, os especialistas da área não acham que a taxa de mortalidade seja alta, mas, devido ao grande número de pessoas afetadas, ela ainda pode matar milhões.

Por exemplo, o surto de gripe espanhola de 10 anos atrás matou apenas 2,5% das pessoas infectadas, mas por causa de quantos capturados, cerca de 50 milhões de mortes ainda ocorreram.

O Dr. Amesh Adalja, do Centro Johns Hopkins para a Segurança da Saúde, disse: “Precisamos levar a sério os vírus respiratórios.

“Há muito foco em doenças que não serão capazes de mudar a civilização de uma forma que seria algo que se espalha pela rota respiratória.

“Nem sempre vai ser alguém morrendo uma morte horrível … poderia ser um caso mínimo”.

A advertência surge quando outro surto de Ebola foi confirmado no Congo.

Pelo menos 18 pessoas morreram até agora e dezenas de outras são suspeitas de estarem infectadas.

Os oficiais da Organização Mundial de Saúde estão se preparando para um “pior cenário”, que é o potencial para uma rápida disseminação em todo o continente.

“O número de casos suspeitos, prováveis ​​e confirmados é significativo, por isso estamos muito preocupados, e estamos planejando todos os cenários, incluindo o pior cenário”, disse Salama, vice-diretor-geral da equipe de preparação e resposta a emergências da OMS.

[Dailystar]
Tags

Renato Barros

Me chamo Renato Barros, sou o criador do canal Questione-se no YouTube. Descobri uma grande paixão após os 25 anos de idade, essa paixão eu coloco dentro de apenas uma palavra, informar. Quero sempre trazer a verdade, principalmente a verdade suprimida, aquela que ninguém quer que você saiba. O site questione-se.com é a extensão do canal Questione-se, obrigado por fazer parte.

Artigos relacionados

Close

Adblock detectado

Por favor considere nos ajudar desativando o seu Adblock
%d blogueiros gostam disto: