Ciência e Tecnologia

Exoplanetas abrirão portas para novas descobertas

Uma revelação que pode abalar a singularidade do Planeta Terra surgiu com cientistas afirmando que pode haver outros planetas fora do nosso sistema solar onde a vida pode existir. Os cientistas descobriram e identificaram um grupo de planetas que têm uma composição química similar que pode ter levado à existência de vida no planeta Terra.

De acordo com os estudos realizados por pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, o desenvolvimento da vida no exterior rochoso da Terra pode ser devido ao tipo e à força da luz irradiada por sua estrela hospedeira.

A pesquisa propõe que estrelas que emitem sua luz ultravioleta (UV) suficiente podem desencadear a criação de vida em seus planetas em órbita. Um padrão semelhante é mais provável de ser responsável pelo desenvolvimento da vida na Terra, onde a luz UV provocou uma série de reações químicas que levam à produção dos blocos de construção da vida.

Uma variedade de planetas onde a luz UV de sua estrela hospedeira é suficiente para atender a essas composições químicas e reações foram identificadas pelos pesquisadores. Essas reações também se enquadram na faixa habitável que pode marcar a existência de água líquida na superfície do planeta. Os pesquisadores também descobriram que as estrelas cuja faixa de temperatura é semelhante ao sol emitiam luz suficiente para a evolução da vida que pode ser desenvolvida em seus planetas.

Os planetas que recebem luz suficiente para mobilizar as reações químicas e a água líquida em suas superfícies nidificam na zona de abiogênese, como os cientistas denominam. Existem muitos exoplanetas conhecidos que residem na zona de abiogênese e vários desses planetas são detectados pelo telescópio Kepler, sendo o Kepler 452b um deles. O planeta Kepler 452b também foi apelidado de “primo” da Terra.

A tecnologia ainda está para descobrir novos caminhos e desdobrar os mistérios ocultos deste universo. Telescópios da próxima geração, como os Telescópios TESS e James Webb, da NASA, podem refletir sobre a identificação e provavelmente a caracterização de muitos outros planetas que estão evoluindo sob o útero da zona de abiogênese, de acordo com os pesquisadores.

via newsnation

Tags

Renato Barros

Me chamo Renato Barros, sou o criador do canal Questione-se no YouTube. Descobri uma grande paixão após os 25 anos de idade, essa paixão eu coloco dentro de apenas uma palavra, informar. Quero sempre trazer a verdade, principalmente a verdade suprimida, aquela que ninguém quer que você saiba. O site questione-se.com é a extensão do canal Questione-se, obrigado por fazer parte.

Artigos relacionados

Close

Adblock detectado

Por favor considere nos ajudar desativando o seu Adblock
%d blogueiros gostam disto: